design
design

O que é Marketplace e como criar um aplicativo de vendas?

Já se perguntou o que é Marketplace? Muitas pessoas têm essa dúvida, visto que as vendas por esse tipo de plataforma têm se tornado cada vez mais frequentes. Por isso, preparamos este artigo para você se inteirar do assunto e entender um pouco melhor a respeito. Confira até o final para não perder nenhum detalhe!

O que é Marketplace?

Marketplace trata-se de um modelo de negócio parecido com um centro comercial virtual. Considerado um estilo extremamente benéfico para o consumidor, por se tratar de uma plataforma com diversas lojas e vendedores em um só lugar, torna-se fácil encontrar os mais variados produtos pelos melhores preços e condições de entrega.

O que é Marketplace – Vantagens

Podemos destacar como maior vantagem do Marketplace a visibilidade. Afinal, para ser vendido, um produto precisa ser visto e quanto mais visitas um local tem, mais sólido se torna seu público-alvo. 

Aumento das vendas

Também podemos afirmar com certeza que o Marketplace aumenta consideravelmente as vendas dos produtos das lojas. Segundo pesquisas do segmento, os maiores Marketplaces do Brasil recebem por volta de 40 milhões de potenciais clientes, em média, o que aumenta potencialmente as chances de pessoas interessadas visualizarem seu produto e se disponibilizarem a comprá-lo.

Agilidade na escala de recursos

A partir do momento que você cadastra um e-commerce no Marketplace, é possível queimar algumas etapas de estruturamento de negócios e chegar a resultados de maneira mais rápida. Como ele já vai chegar em um lugar com um tráfego grande, a visitação e a mídia também vêm como um brinde a mais para alavancar suas vendas rapidamente.

Volume de dados

Outra vantagem que dá a chance do empreendedor compreender melhor o que é o Marketplace é o fato dele fornecer aos parceiros dados de desempenho dentro da plataforma para que assim possa melhorar suas estratégias de oferta do produto e até mesmo oferecer seus serviços com uma eficiência maior.

Público diversificado

Mesmo que você faça uma boa pesquisa de mercado para público-alvo, é possível que num primeiro momento, não tenha conseguido atingir a quantidade ideal de pessoas que gostaria de atingir. Aqui vemos o que é o Marketplace, ele reúne um público maior e as possibilidades de atingir consumidores em potencial que num primeiro momento você não havia atingido aumentam consideravelmente.

Integração com outras ferramentas

Um fator bem interessante que nos mostra o que é o Marketplace é que também é permitido para os empreendedores continuar fazendo uso das ferramentas digitais que eles preferem para ajudar na otimização dos resultados. Alguns exemplos são inventários, software de preços e até CRMs. O Marketplace permite que seus parceiros utilizem os dados fornecidos por eles e também por essas ferramentas para avaliar como está o desempenho do seu e-commerce e assim fortalecerem da maneira que acharem melhor suas estratégias de vendas.

Afinal, existe alguma desvantagem?

Sua marca pode acabar perdendo a identidade dela. Visto que o que fica mais em evidência no produto na hora de vendê-lo pelo Marketplace é a loja em questão, pode ser que a sua marca fique em segundo plano e perca a personalidade. É um risco que se corre de dificultar a geração de recompra do produto não trabalhando a identidade dele.

O que é Marketplace – Como criar um aplicativo de vendas

O formato do Marketplace foi criado em 2012 e desde então vem fazendo muito sucesso e abrangendo cada vez mais setores e departamentos de vendas por toda a internet. Desde que começou a pandemia do coronavírus em 2020, podemos observar um constante crescimento nas vendas online e isso reverte na potencialização que o Marketplace tem trazido para o comércio online mais do que nunca!

É por isso que na hora de criar um aplicativo de vendas no formato Marketplace, é preciso levar vários fatores em consideração, tais como o nome do seu app para ser atrativo para os potenciais clientes; aparência prática e agradável; inserir carrinho/sacola/cesto de compras; qual o melhor gateway de pagamento ele terá; meios de divulgação através de cupons promocionais, tais como 10% de desconto na primeira compra, 50% de desconto em produtos específicos, cupons de frete grátis acima de um valor específico, etc.

É muito importante também pensar em meios de proteção contra fraudes quando falamos em como criar um aplicativo de vendas. Afinal, o seu consumidor jamais deve sair lesado e a confiança e lealdade entre vocês deve prevalecer!

Lembre-se que é necessário que as pessoas vejam que o app é bem acessado e que irão conseguir vender seus produtos com qualidade e confiança. 

Se você tem interesse em como criar um aplicativo de vendas, mas não tem muita experiência no assunto, entre em contato com uma empresa responsável, eles vão te ajudar a montar seu negócio de maneira prática e rápida com a maior competência!